set 19

I Encontro de Vivências Surdas: Libras e Unilab acontece dias 25 e 26 de setembro

As inscrições estão abertas para participar do I Encontro de Vivências Surdas: Libras e Unilab que acontecerá na próxima segunda e terça-feira (25 e 26), a partir das 8h, no Auditório Didático do Campus da Liberdade, em Redenção/CE.

Os interessados em participar devem preencher o Formulário Eletrônico, como também escolher entre as temáticas abordas pelas oficinas do dia 25 (segunda-feira): Expressão facial e corporal; Acessibilidade em atendimento de saúde da pessoa surda e Percussão de música e surdez, além de participar da mesa-redonda “Limitações e superações: o surdo é um cidadão eficiente”. 

O evento de origem do projeto de extensão ligado à Pró-Reitoria de Extensão, Arte e Cultura (Proex) está sob a coordenação da professora do Instituto de Humanidades e Letra (IHL), Vanessa Teixeira e com o apoio do Setor de Acessibilidade (Seace), vinculado à Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas e Estudantis (Propae), objetivando promover e fomentar debates relevantes para o ensino-aprendizado da Língua Brasileira de Sinais, assim como para um melhor desenvolvimento de relações entre a comunidade acadêmica e a comunidade surda local.
Confira a Programação!!

set 19

Café com Letras aborda a ficcionalização da vida real

“A ficcionalização da vida real: autoficção, representação e performance autoral” é o tema da palestra da próxima terça-feira (19), realizada pelo Projeto de Extensão Café com Letras: saberes docentes e práticas acadêmicas. O evento ocorrerá no Auditório do bloco administrativo do Campus da Liberdade, em Redenção/CE, às 16h. O palestrante será o professor adjunto da Unilab Rodrigo Ordine.

O encontro abordará a autoficção, que “advoga um lugar movediço entre o romance e a autobiografia, colocando em cheque conceitos de pacto romanesco e pacto autobiográfico”, explica o professor. Isso porque, apesar das recorrentes pesquisas e discussões, não há uma acepção unânime acerca do termo autoficção. “Procuro apresentar reflexões qualitativas, de cunho exploratório-explicativas e com procedimentos da ordem da pesquisa bibliográfica e do estudo de caso, buscando respostas para uma pergunta central: como se constrói o narrador autoficcional?”, completa Rodrigo Ordine.

Sobre o palestrante

Rodrigo Ordine possui Graduação em Letras pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ-2002) e Mestrado em Letras (Estudos de Literatura) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio-2005), quando pesquisou intersecções literárias entre Brasil e África. Em 2004, frequentou a Brown University (Providence, RI – EUA) como Visiting Researcher Scholar, onde desenvolveu pesquisas ligadas à sua dissertação de Mestrado. Obteve Doutorado em Letras (Estudos de Literatura) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio-2012), propondo uma reflexão inter-relacional entre literatura, estudos da memória, estudos culturais e construtivismo social. Desde 2012, como professor adjunto da Unilab, desenvolve pesquisas nas áreas de estudos de literatura (com ênfase em literaturas africanas e da diáspora), estudos culturais, construtivismo social e teorias da memória e autobiografia. Obteve o Estágio Pós-Doutoral (PNPD-CAPES) pela Universidade do Estado do Mato Grosso (UNEMAT) em 2017.

jun 12

II Semana Internacional de Letras

II Semana Internacional de Letras – Apresentação

“Sobre o livro Terra sonâmbula, eu descobri que o que faz andar a estrada é o sonho. É o sonho que deve nos mover como seres humanos”

Mia Couto

 “Quem o observa o faz de certo ponto de vista, o que não situa o observador em erro. O erro não é ter certo ponto de vista, mas absolutizá-lo e desconhecer que mesmo do acerto de seu ponto de vista é possível que a razão ética nem sempre esteja com ele”

Paulo Freire

 

A II Semana Internacional de Letras (II SIL), cujo eixo organizativo é o “processo de interiorização e internacionalização do ensino público, gratuito e de qualidade”, é uma iniciativa do Curso de Letras, da Universidade Federal da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab).

Este evento, realizado nos dias 18, 19 e 20 de abril de 2017, pretende dar continuidade e ampliar as discussões realizadas na I Semana Internacional de Letras (I SIL), que também ocorreu em Redenção – Ceará. O caráter multi e interdisciplinar da SIL visa motivar os/as pesquisadores/as de Letras a estabelecerem diálogos com diferentes campos do conhecimento, explorando teorias e práticas de ensino que possibilitem repensar o mundo e criar outras práticas sociais capazes de possibilitar as condições para que os sujeitos construam emancipações e rupturas necessárias.

A II SIL é realizada em um período histórico de profundo conservadorismo, fazer e ver as diferenças dialogarem é uma experiência necessária para a demonstração do exercício de liberdades e da possibilidade de convivência plural. Além dos/as participantes de diferentes países – com sua riqueza cultural -, o espaço está aberto à integração com áreas como Estudos da Linguagem, Filosofia, Educação, Comunicação, História, Antropologia, Sociologia e Psicologia.

Sejam bem-vindos/as à II SIL

jun 12

Projeto Pedagógico do Curso de Letras-Língua Portuguesa (versão semestral)

PPC SEMESTRAL LETRAS Lingua Portuguesa

fev 01

I Semana Internacional de Letras – A diversidade cultural nas línguas e literaturas

        A I Semana Internacional de Letras ocorrerá nos dias 8 e 11 de março, no campus das Auroras, em Redenção-CE. A semana de Letras é uma iniciativa do curso de Letras Língua-Portuguesa da Unilab. O evento adotou como tema “A diversidade cultural nas línguas e nas literaturas”.

        “Por meio dessas duas áreas de estudos, as pesquisas vêm nos ensinando a riqueza de nossa língua portuguesa (e as diversas línguas existentes), a exemplo do português brasileiro, estruturado a partir de diversas outras línguas africanas, indígenas e europeias, como apontam os diversos estudos sociolinguísticos, textuais, discursivos e até mesmo cognitivos”.

A programação da semana é composta por minicursos, grupos de debates, grupos de trabalho e atividades culturais e as inscrições vão até o dia 21 de fevereiro na página do evento.

jul 16

Movimento #FicaPIBID!

Realizado  ontem no Campus da Liberdade, o movimento #FicaPIBID é contra os cortes na educação e teve seu espaço garantido na assembléia dos estudantes de letras, contando com a presença de professores e alunos do curso. A assembléia também teve outros pontos como a greve dos TAEs e Docentes entre outros informes. 

 

 Movimento #FicaPIBID

Fotos: Ana Cristina

 

nov 25

Café com Letras apresenta: “Metáfora, metonímia e empatia no discurso sobre violência urbana em Fortaleza, Ceará, Brasil”

CAFE-COM-LETRAS-destaque-345x180

O curso de Letras tem a honra de convidar a comunidade acadêmica para assistir a palestra do Café com Letras intitulada:  “Metáfora, metonímia  e empatia no discurso sobre violência urbana em Fortaleza, Ceará, Brasil”, com a  Profa. Dra. Ana Cristina Pelosi (UFC/UNISC), no dia 03/12/2014, quarta-feira às 16:30hs.

 

         A palestra é fruto de um projeto sobre a emergência de linguagem figurada e empatia no discurso de vítimas diretas e indiretas de violência praticada em centros urbanos. Nosso objetivo, entre outros, foi o de analisar como metáforas e metonímias emergem no discurso de tais vítimas ao expressarem sentimentos numa discussão sobre atos de violência em dois grupos focais. Embora não desconsideremos o fato de que a metáfora tem base cognitiva, instaurando-se como instrumento importante na organização, produção e veiculação de conhecimentos, não a consideramos como um mapeamento fechado, instanciador da linguagem metafórica. Numa perspectiva dinâmica da relação entre fatores discursivos e cognitivos,  consideramos a conexão entre metáfora linguística e metáfora conceitual como ocorrendo numa via de mão dupla por meio da qual a linguagem figurada emerge segundo os limites do corpo no mundo bem como a partir de crenças e valores partilhados pela comunidade. Sob tal ótica, procuramos verificar como atitudes e crenças contribuem para a emergência de atitudes empáticas no discurso de indivíduos ao se expressarem sobre sentimentos de insegurança decorrentes de suas experiências.

 

Sobre a palestrante

unnamed

Profa. Dra. Ana Cristina Pelosi (UFC/UNISC)

      Graduada em Letras, Língua e Literatura Inglesa pela Universidade de Brasilia (1981). Mestre em Linguística e Ensino de Inglês (Linguistics and English Language Teaching) pela Universidade de Leeds, Inglaterra (1986) e Doutora em Linguística e Psicologia pela Universidade de Leeds, Inglaterra (1995). Realizou Estágio Pós-Doutoral na Universidade da Califórnia em Santa Cruz, E. U. A. (2004), no Departamento de Psicologia, com a colaboração de Raymond W. Gibbs Jr. Lidera o Grupo de Pesquisa GELP-COLIN (Cognição e Linguística) registrado na Plataforma Lattes e atua como Vice-Coordenadora do Grupo de Estudo sobre Linguagem e Pensamento (GELP). Atualmente, é Professora Aposentada da Universidade Federal do Ceará, atua no Programa de Pós-Graduação em Linguística como membro do corpo docente e é Professora Visitante Sênior na Universidade de Santa Cruz do Sul, RS com bolsa da Fapergs. Tem experiência em Psicolinguística e Linguística, com ênfase em Linguística Cognitiva e Linguística Aplicada. Atua em projetos de pesquisa nacionais e internacionais e na formação de recursos humanos, sob os seguintes temas: categorização semântica e emergência da metáfora e metonímia sob um aporte cognitivo-discursivo.

nov 24

Informações sobre Trimestre da Integração Acadêmico e Cultural

 

destaque-TIAC-345x175

 

 

      O Trimestre da Integração Acadêmico e Cultural (TIAC) é  um período letivo mais curto, acontece de 02 de dezembro a 26 de janeiro. O TIAC tem por objetivo  possibilitar aos estudantes vivenciar a interdisciplinariedade, a arte e a diversidade cultural,  promovendo a articulação entre ensino, pesquisa e extensão.

      As matrículas para as atividades do Trimestre da Integração serão realizadas, presencialmente, nos dias 27 e 28 de novembro, nas coordenações dos cursos. Devido a problemas técnicos no Sistema de Gestão Integrada de Atividades Acadêmicas (SIGAA), não será possível, neste ano, a realização de matrículas online para o Trimestre da Integração. Já os ajustes das matrículas acontecem nos dias 01, 02 e 03 de dezembro por meio presencial e diretamente nas coordenações dos cursos.

      Os estudantes que não estiverem nos municípios onde ocorrerão as matriculas poderão fazê-las por meio de procuração simples, sem a necessidade de registro em cartório.

(Fonte: UNILAB)

Fiquem atentos!

Segue em anexo a oferta do Trimestre da Integração Acadêmico e Cultural do Instituto de Humanidades e Letras – IHL

Oferta do Trimestre da Integração Cultural – IHL

nov 04

Café com Letras e Aniversário de 2 anos do curso de Letras

Edição especial do Café com Letras discute formação docente e comemora aniversário do curso de Letras

CAFE-COM-LETRAS-destaque-345x180

 

A edição do Café com Letras da próxima quarta-feira (5) comemora o aniversário de dois anos do curso de Letras, com a palestra “A formação docente do profissional de Letras”, proferida pela ex-vice-reitora da Unilab e professora da Universidade Federal do Ceará (UFC), Maria Elias Soares. Ocorrerá no anfiteatro, às 20h.

 

 

A professora Maria Elias é licenciada em Letras e Pedagogia pela Universidade Estadual do Ceará (Uece) e em Comunicação Social e Direito  pela UFC, Maria Elias Soares é doutora em Letras e tem extensa carreira acadêmica, contabilizando 49 orientações de dissertações de mestrado e 17 orientações de teses de doutorado (concluídas e aprovadas).maria-elias-1

Além disso, publicou livros, capítulos de livros e artigos em periódicos especializados e em anais de congressos, no Brasil e no exterior, principalmente nas áreas de teoria e análise do texto e do discurso, estudos da língua falada, aquisição e processamento da linguagem, letramento e ensino da leitura e da escrita.

A professora compôs a comissão do Ministério da Educação (MEC) que colaborou com a implantação da Universidade de Cabo Verde (2004-2006) e também foi membro da comissão de implantação da Unilab, de 2008 a 2010.

Para conhecer mais o seu trabalho acesse:CV Lattes

Curso de Letras

imagesO curso de Letras da Unilab funciona no período noturno, em Redenção (CE) e São Francisco do Conde (BA) e tem uma carga horária de 3.200 horas. Destas, 2.720 horas são das disciplinas obrigatórias, 400 horas de Estágio Supervisionado e 120 horas para o Trabalho de Conclusão de Curso. Além desse total, há 280 horas de disciplinas optativas e 200 horas de atividades complementares. O tempo para integralização é de 18 a 27 trimestres.

A edição do Café com Letras comemorativa do aniversário do curso de Letras compõe a programação da Semana de Humanidades e Letras. Após a palestra, haverá apresentações culturais dos alunos do curso, como declamação de poemas e música.

nov 04

I Semana de Humanidades e Letras começa nesta terça (04)

cartaz

Hoje terça-feira (04) teve início a I Semana de Humanidade e Letras, estendendo-se até sexta (07). O evento tem como tema central “Trânsitos e conexões: produção acadêmica e ensino em Humanidades e Letras, Sul-Sul”. A Semana ocorre no Campus da Liberdade (Redenção) e no Campus dos Malês (São Francisco do Conde).

A conferência de abertura ocorre hoje dia 04, às 19h, no auditório do Campus dos Malês, com o tema “Literatura e a produção literária: raça e gênero”, ministrada pela professora da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Florentina da Silva Souza. Haverá transmissão para o Campus da Liberdade.

A programação da I Semana de Humanidade e Letras contará, no decorrer destes dias, com palestras, rodas de conversa, lançamento de livros, apresentações artísticas e a Feira Intercultural com música, poesia, esculturas e artesanato.

Para maiores informações e ver a programação completa acesse: http://www.semanahl.unilab.edu.br/